• VCOM Tecnologia

Riscos da cobrança vexatória

Você sabe quais são os riscos da cobrança vexatória para o seu negócio? Não é novidade para ninguém que os níveis de inadimplência são elevados no Brasil, e as causas são diversas. Nesse contexto, as empresas precisam pensar em estratégias com a intenção de recuperar os créditos devidos. No entanto, esse procedimento não deve ser feito de qualquer maneira, pois pode causar sérios danos à companhia.


Está interessado em saber mais sobre o assunto? Neste post, explicaremos detalhadamente o que é a cobrança vexatória e listaremos os principais cuidados para que a sua empresa não caia nesse erro. Acompanhe a seguir.



O que é a cobrança vexatória?


Ela faz referência à cobrança na qual o consumidor é exposto ao ridículo. Pode ser, por exemplo, perante os vizinhos, parentes, colegas de trabalho, entre outros, ao dar a publicidade desnecessária a terceiros sobre a existência de uma determinada dívida.


Vale destacar que, em tempos de crise econômica e com o aumento do desemprego, em algumas situações, o pagamento de uma ou outra conta pode ficar pendente. Está certo que cobrar a dívida é direito de todo credor, no entanto, essa cobrança não pode expor o devedor ao ridículo. A empresa também não pode constrangê-lo ou fazer ameaças, sejam elas físicas ou morais.


Vale destacar que essa questão está prevista no artigo 42 do Código de Defesa do Consumidor, na qual menciona que "na cobrança de débitos, o consumidor inadimplente não será exposto a ridículo nem será submetido a qualquer tipo de constrangimento ou ameaça". É importante destacar ainda que a cobrança vexatória é passível de processo por danos morais e, por isso, pode trazer sérios prejuízos ao seu negócio.



Quais os cuidados para a sua empresa não cair no erro?


Considerando a importância dessa questão, realmente é muito importante tomar alguns cuidados para que a sua companhia não faça a cobrança vexatória e, assim, não sofra as consequências dessa ação. Entre as principais práticas que podem ajudar, estão a cobrança amigável e o fornecimento de diferentes alternativas para o cliente pagar a dívida. Abordaremos sobre essas questões detalhadamente na sequência do post. Continue lendo!



Cobrança amigável


A cobrança amigável ou a extrajudicial, sem dúvida, é uma das melhores estratégias a serem utilizadas nesse momento. Essa modalidade, inclusive, é uma das mais eficientes no processo de recuperação de créditos.


Portanto, inicialmente, tente conversar com o cliente e estabelecer uma negociação amigável. Além disso, procure ouvir o consumidor e entender os motivos de ele não estar com as contas em dia naquele determinado momento. Assim, será mais fácil resolver o problema e também ajudá-lo.



Fornecer diferentes alternativas para o cliente pagar a dívida


Também é importante considerar ser flexível. Nesse contexto, vale muito a pena oferecer diferentes alternativas de pagamento, pois isso facilita a vida do cliente em pagar a dívida. Entre algumas formas que você pode disponibilizar, estão o boleto, cartão de crédito, cartão de débito, entre outros.


A cobrança vexatória está longe de ser uma boa prática e proporciona diversos riscos para os negócios. Entre eles, estão os processos contra a organização, a perda de clientes e a má reputação da empresa no mercado. Considerando todas essas questões, essa abordagem de cobrança deve ser evitada ao máximo na sua companhia.

VCOM Tecnologia - Logotipo
  • Linkedin VCOM Tecnologia
  • Facebook VCOM
  • Instagram VCOM
  • Twitter VCOM