• atendimento84698

Cinco mentalidades dos líderes direcionadas à resolução de problemas

Atualizado: Fev 5


O que diferencia uma pessoa de sucesso de outra que parece sempre ficar para trás? Hoje, vamos falar em nosso blog sobre uma característica que faz a diferença: saber encontrar soluções para os problemas.


Segundo a consultoria internacional McKinsey, grandes líderes aprendem a ter uma mentalidade particularmente aberta e curiosa, além de adotarem processos sistemáticos para resolver, até mesmo, os problemas mais difíceis.


Selecionamos cinco mentalidades dos líderes, entre aquelas listadas pela McKinsey, que se traduzem em ações no dia a dia, abrindo o caminho para alcançar o sucesso na solução dos problemas. Vamos conhecê-las?

1) Estar sempre curioso sobre cada elemento de um problema

Lembre-se das crianças, que estão sempre questionando a respeito dos “porquês” das coisas. A ideia é retomar o questionamento a partir das possíveis soluções e chamar sua equipe para ajudar no processo de fazer perguntas, levantar as possibilidades até encontrar uma solução que conte com o apoio da maioria. A curiosidade impulsiona a criatividade!


2) Ser “imperfeccionista”, com alta tolerância às incertezas

A outra dica é reconhecer que a solução não será perfeita. O líder deve estar aberto à imperfeição e ter uma tolerância às dúvidas. O mundo real é altamente incerto, como constatamos, agora, com os impactos da pandemia em nossa rotina. Temos que estar confortáveis em estimar probabilidades para tomar boas decisões, mesmo quando as opções são imperfeitas. Mas, como reduzir as incertezas? Procure mais dados, ou seja, busque mais conhecimento que ajude na avaliação das alternativas.



3) Ter uma visão "olho de libélula" do mundo, para ver através de múltiplas lentes

Como aconteceu logo que a gente leu esta dica, você deve estar se perguntando o que é isso. A percepção do “olho de libélula” é a capacidade de enxergar múltiplas perspectivas, ampliar sua visão para todo o ambiente que o cerca. Essa mentalidade o incentivará a conversar com clientes, fornecedores, empreendedores de outros segmentos, por exemplo. O processo de

design thinking é outra estratégia interessante.


4) Experimentar incansavelmente

Uma boa resolução de problemas, normalmente, pode envolver a realização de experimentos a fim de reduzir as principais incertezas, para que você não dependa apenas dos dados existentes. Implementar um projeto-piloto, por exemplo, é um caminho para criar dados próprios, contribuir na diminuição das incertezas e gerar mais confiança. A McKinsey considera que a mentalidade necessária para ser um experimentador inquieto é consistente com a política das startups de "falhar rápido", aprender, ajustar e ir avançando.


5) Buscar inspiração na inteligência coletiva

Estamos em um mundo em constante mudanças e evoluindo. Olhe para o seu entorno e verifique se tem algum benchmarking (uma referência). Pergunte-se: tem alguém no mercado melhor que a minha empresa, mesmo que seja em outros setores? Uma das estratégias que grandes empresas estão realizando, por exemplo, são os desafios para startups a fim de gerar ideias. Entretanto, isso vai demandar um certo investimento de tempo e dinheiro. Parcerias com centros de inovação e pesquisa ou com as empresas-júniores em universidades são outros caminhos para acessar a inteligência coletiva.


Gostou das dicas? Deixe seus comentários. Aproveitamos para sugerir a leitura do post 6 tendências na gestão dos negócios para 2021.

Fale com a VCOM

Tel.: 11 3106 1243

contato@vcomti.com.br

Rua Domingos Morais, 2.187 – Cj. 216 /Cj. 318, Vila Mariana, SP - CEP:04035-000

Av. Manoel Goulart. 939, Presidente Prudente, SP - CEP: 19015-240

Redes Sociais

  • Branca Ícone LinkedIn
  • Branco Facebook Ícone
  • Branca Ícone Instagram
  • Branco Twitter Ícone
Prancheta 11.png